OS EFEITOS DA SOBRECARGA NOS PNEUS

Publicado:

Atenção: evite multas e acidentes devido à sobrecargas.


Otimização de tempo e economia são uns dos principais fatores para os motoristas que pensam em transportar uma quantidade de carga maior. Mas, você sabia que ao invés desses benefícios, essa prática pode ocasionar danos aos veículos e gerar prejuízos no longo prazo?

Elevação de temperatura dos pneus, rachaduras e fadiga estrutural são alguns dos principais fatores ligados ao comportamento do pneu quando o veículo está com sobrecarga.

E não para por aí, além de todas essas consequências, a sobrecarga afeta diretamente a vida útil do caminhão, podendo causar sérios acidentes. Portanto, o ideal é que você verifique no manual do proprietário do veículo e veja quais são os limites de carga permitido.

Caso o peso “por eixo” não esteja de acordo com a legislação CONTRAN, o motorista ficará sujeito a multas. Mas, afinal, o que é peso bruto total?

PBT – Peso bruto total

O peso bruto total é a soma do peso do veículo ou “tara” com o peso da carga. O PBT pode ter dois limites: técnico, que é definido pelo fabricante do veículo, ou seja, ele é baseado em capacidades técnicas dos componentes instalados no veículo, como por exemplo: a resistência mecânica dos eixos, molas e sistemas de freio e transmissão; e o PBT legal, que, embora baseado no PBT técnico, é definido pelo CONTRAN e tem por finalidade, preservar o piso das rodovias.

A sobrecarga pode causar as mesmas consequências da pressão baixa e ainda com maior intensidade. Além do desgaste rápido nos ombros dos pneus devido a flexão excessiva dos pneus, consequência da sobrecarga, ela também pode gerar elevação de temperatura e consequentemente a separação dos componentes do pneu.

De acordo com levantamentos realizados em parceria com os nossos clientes, há uma redução de até 30% na quilometragem do pneu devido a 20% de sobrecarga. A pressão de ar incorreta, a má distribuição de carga, alta velocidade e práticas inadequadas de direção como aceleração e frenagem constantes também podem ser prejudiciais para o desempenho do pneu.

Outra dica é nunca instalar no veículo, pneus que tenham capacidade de carga inferior à indicada pelo manual do fabricante do veículo e lembre-se que a largura adequada do aro é importante para a correta distribuição de carga e melhor funcionamento dos pneus.

Essa foi mais uma dica Goodyear sobre os efeitos que a sobrecarga pode causar nos pneus. Mas não se esqueça, você motorista é o principal responsável pela segurança e maneira adequada de dirigir um caminhão. Com todas essas orientações fique sempre atento às condições que influenciam na durabilidade do seu equipamento. Segurança em primeiro lugar.

As melhores dicas sobre pneus, histórias e conteúdo exclusivo, você encontra aqui, no Portal do Motorista da Goodyear

Precisa de apoio para realizar a pesagem e encontrar a pressão correta para sua operação? Encontre o revendedor Goodyear mais próximo aqui, ou entre em contato conosco!